• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • Flickr - Black Circle

ELOUCUBRAÇÕES: O CORPO É A PARTE DO CORPO TODO

 

Neste trabalho fotográfico é abordado o encontro de corpos espelhados, um corpo de relação dependente, elo, unido e munido da falta de contornos.

O material faz parte do projeto Doida de Pedra, realizado pela performer Ingrid Gardenal, que explora a temática da arte que caminha lado a lado com a loucura, que é tão nossa, tão das ruas e de pessoas que possuem transtornos mentais.  Um trabalho artístico que usa a linguagem da fotografia, O Corpo é a Parte do Corpo Todo, vídeo, O Corpo é a Arte do Corpo Todo, performance, O Corpo é a Partir do Corpo Todo, e intervenção urbana, O Corpo é a Parir do Corpo Todo, tendo como base o corpo dissociado.

A linguagem fotográfica é tanto um registro performático, quanto um estudo imagético de formas orgânicas possíveis, sensações e interpretações do corpo.

 

Concepção: Ingrid Gardenal

Performance: Ingrid Gardenal e Maria Claudia Vargas

Fotografia e pós-produção: Jacqueline Lisboa

Ano: 2013

 

MANIFESTO ELOUCUBRISTA

Ohlepse: O corpo é a parte do corpo todo 
Odotoprocodetrap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a parte do corpo todo)
Odotoprocodetra a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a arte do corpo todo)
Odotoprocodritrap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a partir do corpo todo)
Odotoprocodrirap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a parir do corpo todo)
O corpo 
É o copo
Jogado do 13º andar.
(Eu sozinho)

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom