• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • Flickr - Black Circle

ELOUCUBRAÇÕES: O CORPO É A PARTE DO CORPO TODO

 

Neste trabalho fotográfico é abordado o encontro de corpos espelhados, um corpo de relação dependente, elo, unido e munido da falta de contornos.

O material faz parte do projeto Doida de Pedra, realizado pela performer Ingrid Gardenal, que explora a temática da arte que caminha lado a lado com a loucura, que é tão nossa, tão das ruas e de pessoas que possuem transtornos mentais.  Um trabalho artístico que usa a linguagem da fotografia, O Corpo é a Parte do Corpo Todo, vídeo, O Corpo é a Arte do Corpo Todo, performance, O Corpo é a Partir do Corpo Todo, e intervenção urbana, O Corpo é a Parir do Corpo Todo, tendo como base o corpo dissociado.

A linguagem fotográfica é tanto um registro performático, quanto um estudo imagético de formas orgânicas possíveis, sensações e interpretações do corpo.

 

Concepção: Ingrid Gardenal

Performance: Ingrid Gardenal e Maria Claudia Vargas

Fotografia e pós-produção: Jacqueline Lisboa

Ano: 2013

 

MANIFESTO ELOUCUBRISTA

Ohlepse: O corpo é a parte do corpo todo 
Odotoprocodetrap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a parte do corpo todo)
Odotoprocodetra a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a arte do corpo todo)
Odotoprocodritrap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a partir do corpo todo)
Odotoprocodrirap a é oproc O
(Todos juntos: O corpo é a parir do corpo todo)
O corpo 
É o copo
Jogado do 13º andar.
(Eu sozinho)

Mostrar Mais